Home
Ações integradas que visam contribuir para identificação, fortalecimento e divulgação de grupos e instituições que trabalham com arte e cultura, envolvendo jovens brasileiros,
com foco na transformação social.
Quem Pode e Como Participar

Para que o Banco de Experiências Sociais com Arte e Cultura se torne uma referência nacional no tema da arte e cultura e transformação social, é importante que ele se mantenha vivo e registre o dinamismo natural que reside em iniciativas que reúnem juventude, arte e cultura. Temos por compromisso atuar no sentido de ampliar este acervo, de modo que outros estados do país sejam contemplados com o mapeamento.

Mas isso não é suficiente! É fundamental que o banco de experiências conte com a participação ativa de todos aqueles que têm envolvimento com o tema da arte e cultura e transformação social. E que vocês, grupos e organizações já mapeados, mantenham suas informações atualizadas, além de indicar outras iniciativas no seu estado ou região. Desta forma você vai contribuir para que esta ferramenta se consolide, dando visibilidade às diversas manifestações artísticas e culturais que envolvem jovens brasileiros. Isto vai facilitar ainda a identificação das demandas e ofertas locais, a realização de intercâmbios e a formação de redes de colaboração intra e inter regionais, fortalecendo assim os resultados alcançados por estas ações.

Em breve você poderá atualizar as informações do seu Grupo on line.

Quais são as iniciativas que integram o banco de experiências?

Iniciativas cujo trabalho principal é o desenvolvimento de atividades voltadas ou lideradas por jovens e adolescentes de comunidades de baixa renda, que envolvem a arte e cultura nos processos educativos, de fortalecimento de identidade e de inclusão social.

Essas iniciativas podem ser realizadas por organizações e grupos de diferentes formatos institucionais e podem ter ou não representação jurídica formal. Veja abaixo as categorias em que se reúnem as experiências mapeadas:

Governamentais: programas ou projetos de entidades públicas, municipais, estaduais ou federais, tais como secretarias, ministérios, fundações, empresas, hospitais, escolas, polícias, etc

Do mundo social: realizada por organização ou grupo que tem por objetivo principal a promoção de ações sociais, culturais ou assistenciais. Inclui não só o que tem como eixo central de atuação a arte e a cultura, como também aquele que tem atuação prioritária em outra área (tais como educação, juventude, capacitação e profissionalização, assistência e promoção social, saúde, pessoas com necessidades especiais, meio-ambiente, desenvolvimento comunitário, defesa de direitos, gênero, raça).

Do Mundo Artístico: realizada por organização ou grupo que tem por objetivo principal a promoção da arte e da cultura. Inclui organização cultural ou companhia artística com projeto ou grupo de arte e cultura, voltado a comunidades populares; grupo formado por profissionais do meio artístico trabalhando com população de baixa renda; organização que tem por objetivo a preservação da cultura e ampliação do acesso a produtos culturais; grupo ou companhia artística integrado por pessoas provenientes de comunidades populares; grupo artístico que tem por objetivo atuar em ruas, escolas, comunidades ou outros espaços públicos; grupo, associação ou cooperativa de artesãos que desenvolve atividades para a formação de jovens. É necessário que a iniciativa tenha pelo menos 1 ano de existência.

Grupos Juvenis: ações lideradas por jovens, com pelo menos 1 ano de existência, que através da arte e a cultura buscam provocar transformações sociais, sejam elas voltadas para outros jovens ou adolescentes ou para as comunidades.